Vacina contra coronavírus: as medidas do governo para evitar o contágio na economia - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Vacina contra coronavírus: as medidas do governo para evitar o contágio na economia

Por: Elite FM
Publicado em 29/03/2020
img
Jair Bolsonaro e os presidentes da Caixa, Pedro Guimarães, e do Banco Central, Roberto Campos Neto: medidas para conter os efeitos do coronavírus na economia.| Foto: Marcos Corrêa/PR/Gazeta do Povo

O governo, o Banco Central e os bancos públicos vêm anunciando diversas medidas para conter os efeitos da pandemia do novo coronavírus na economia. As medidas vão desde ações de proteção ao emprego e à renda do trabalhador a crédito e suspensão de pagamentos de dívidas das empresas. Também há ações para injetar recursos no mercado financeiro.O Banco Central liberou R$ 1,216 trilhão em recursos para os bancos brasileiros, o equivalente a 16,7% do Produto Interno Bruto (PIB). O objetivo da autoridade monetária é dar liquidez ao sistema financeiro, ou seja, flexibilizar as regras e permitir que os bancos acessem recursos que não estavam disponíveis para fazer suas operações com os clientes e assim manter o equilíbrio do sistema financeiro.O Ministério da Economia anunciou medidas que somam R$ 306,2 bilhões, segundo a própria pasta. O montante inclui as ações do BNDES. "Os outros dois principais bancos públicos – a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil (BB) – também têm disponibilizado recursos para combate à pandemia. A Caixa colocou R$ 111 bilhões no mercado e o BB, R$ 100 bilhões. O governo  não precisará mais contingenciar (bloquear) bilhões de reais do Orçamento para cumprir a meta fiscal. Pedido já foi aprovado pelo Congresso e o decreto de calamidade, publicado. A calamidade é válida até o fim do ano; Governo suspendeu por três meses o recolhimento do FGTS. A medida visa retardar essa despesa que os empregadores têm e, com isso, evitar demissões.Medidas tomadas: Suspensão do pagamento da parte da União no Simples Nacional por três meses (vencimento abril, maio e junho). Conselho Nacional de Previdência reduziu os juros dos empréstimos consignados, concedidos a aposentados e pensionistas do INSS, e ampliou o prazo de pagamento. Reforço ao programa Bolsa Família: destinação de R$ 3,1 bilhões para possibilitar a ampliação do número de beneficiários. Medida provisória (MP) permite o teletrabalho (home office.O trabalhador poderá antecipar suas férias, mesmo que ainda não tenha completado o período aquisitivo de 12 meses.Antecipação da 1ª e da 2ª parcela de 13º de aposentados e pensionistas do INSS para abril e maio, respectivamente. Antecipação do pagamento do abono salarial para junho. Redução de jornada de trabalho e salário. 


Fonte: Rádio Elite Fm