Pandemia: assustar a população só causa mais pânico - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Pandemia: assustar a população só causa mais pânico

Por: Elite FM
Publicado em 21/03/2020

Primeira morte em decorrência do coronavírus no Brasil foi em São Paulo. Era um senhor de 62 anos que já tinha doenças prévias, como diabetes e hipertensão. Provavelmente, as defesas dele já estavam enfraquecidas pelos remédios que ele precisa tomar. A gente tem que se cuidar, não resta dúvida, mas é bom lembrar que a China já saiu dessa e está controlando a doença. Por mais que agora o país asiático esteja comprando ações mais baratas, ele também perdeu bastante. As vendas a varejo na China despencaram 20,5%, a produção industrial caiu 13,5% e os investimentos caíram 24,5%. Mas o mais importante, o país teve 3,8 mil mortes e 80 mil casos para 1,4 bilhão de chineses. Inclusive teve o caso de uma senhora de 103 anos, que contraiu o coronavírus e saiu faceira do hospital, já está em casa. Então, há esperança. A Itália está em uma situação pior porque tem 60 milhões de habitantes e já está com 28 mil casos, com 2,2 mil mortes. O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou que irá injetar R$ até 147 bilhões na economia para o combate ao vírus. Na prática, isso significa mais UTIs. A

decisão faz parte da medida emergência. Osmar Terra, ex-ministro da Saúde e da Cidadania, médico e atualmente deputado federal, combateu o H1N1, em 2009, e recomenda que não se assuste a população porque, para ele, isso causa problema. A declaração foi feita pelo Twitter. Ele continuou dizendo que causar pânico traz mais repercussão, mas que é necessário informar corretamente, conforme recomendações científicas à população. Outra medida, segundo o deputado, é controlar o contágio. 


Fonte: Alexandre Garcia-Gazeta do Povo