Como funciona o teste para o novo coronavírus - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Como funciona o teste para o novo coronavírus

Por: Elite FM
Publicado em 17/03/2020
img
Exame covid-19| Foto: Bigstock/Gazeta do Povo

Sem exame de sangue, diagnóstico é indicado apenas para quem tem a epidemiologia do Covid-19; tem resultado rápido e auxiliar o paciente a ter orientações mais específicas. O exame que diagnostica o Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, não é indicado para todo mundo. Por enquanto, segundo Myrna Campagnoli, médica endócrino-pediatra e diretora médica do Frischmann Aisengart, laboratório que integra a rede Dasa e que oferece o exame na rede privada (a rede pública já faz o exame). Ela acredita que em pouco tempo isso irá mudar. Hoje, é preciso que o paciente tenha os seguintes critérios para que o exame possa ser solicitado por um médico: Pessoa deve ter vindo de fora do país; Pessoa deve ter tido contato com alguém sabidamente positivo para o novo coronavírus; Pessoa deve manifestar a epidemiologia. São sinais e sintomas de uma gripe, que não são específicos: febre, dor de cabeça, coriza e tosse. Só assim, hoje, o exame pode ser solicitado pelo médico", diz ela, que crê que mais para frente, com a transmissão dentro da comunidade, esse protocolo talvez se altere e bastem sintomas gripais para o exame seja pedido. Como o exame funciona? Ao contrário do que possa parecer, não é um exame de sangue que faz o diagnóstico. O teste para o novo coronavírus é feito a partir do recolhimento de secreções da região da nasofaringe e da orofaringe. Para isso, um bastonete (swab) é introduzido no nariz e outro na garganta e ficam umedecidos com a secreção. Esse material é analisado em teste bem específico para a presença de vírus através de metodologia PCR, que identifica o material genético do vírus, o seu RNA.O resultado do exame sai em 24 horas, mas o volume muito grande de solicitações atuais tem levado o prazo para 48 horas, segundo a médica.O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, anunciou que os planos de saúde serão obrigados a incluírem o exame de diagnóstico do novo coronavírus no rol de cobertura. Com relação ao tratamento, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) reforça que os pacientes diagnosticados possuem por direito essa cobertura. O rinovírus, a gripe simples, dura de 3 a 5 dias sem colocar em risco as pessoas da família, mas a evolução pode ser grave se a infecção for transmitida para idosos (novo coronavírus) e idosos, mas principalmente bebês e gestantes (influenza).


Fonte: Gazeta do Povo