Em uma década, R$ 2 bilhões economizados e 1000 funcionários a menos na Alep - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Em uma década, R$ 2 bilhões economizados e 1000 funcionários a menos na Alep

Por: Elite FM
Publicado em 17/03/2020

Embora ainda esteja longe de atingir a padrão sueco – que é considerado referência mundial em gestão de órgãos públicos –, a Assembleia Legislativa do Paraná   melhorou seus sistemas de gastos e de controle de pessoal desde 2010, quando surgiram as primeiras denúncias da série Diários Secretos, que revelou um esquema de desvios de dinheiro por meio de funcionários fantasmas. Algumas dessas transformações são concretas e podem ser mensuradas, como a redução no número de servidores, em mais de mil cargos, e a economia de aproximadamente R$ 2 bilhões ao longo de uma década. Esses números comprovam que havia excessos e que era possível diminuir, em volume, tanto o corpo de funcionários como o montante desembolsado para manter o Legislativo estadual. Atualmente, a Alep tem 1,7 mil servidores (somando cargos de confiança e de carreira). Em janeiro de 2010, tinha 2,8 mil. Mesmo que seja possível questionar o número atual, ainda é um fato que a quantidade de empregados caiu consideravelmente, em mais de mil cargos desde as primeiras denúncias.”Se houvesse cobrança de produtividade, seguramente esse número de 1,7 mil funcionários para uma Assembleia  Legislativa é exagerado.Dinheiro público  merece o máximo de respeito, afinal,o contribuinte trabalha de janeiro até o final de maio somente para pagar impostos e o retorno é  lastimável.O Sudoeste,por exemplo, tem a principal rodovia, a PR-280 em estado lastimável”. 


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm