Em 2016 o PIB estava em -4,9% e no fim do primeiro ano de Bolsonaro chegou a 1,1: avanço de 6 pontos percentuais - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Em 2016 o PIB estava em -4,9% e no fim do primeiro ano de Bolsonaro chegou a 1,1: avanço de 6 pontos percentuais

Por: Elite FM
Publicado em 14/03/2020

Foi um grande avanço diante do estrago feito pelo governo petista. É importante lembrar que, ao fim do segundo trimestre de 2016, quando ocorreu o impeachment, a taxa de crescimento do PIB em 12 meses estava ao redor de -4,9%. Dali até o 1,1% registrado ao fim de 2019, avançamos 6 pontos percentuais. Não foi pouco. Não dá para tolerar esse "Pibinho". Apesar disso, o baixo crescimento de 2017-19 em virtude da situação caótica do país, não significa que as reformas deram errado. O crescimento do Brasil foi lento por não haver infraestrutura nas principais áreas que não receberam investimentos. O governo de Lula e Dilma  foi populista e demagogo, mais preocupado em implantar a ideologia do foro de S.Paulo ,cujo interesse era criar um clima de se manter no poder e o meio para tal era apoderar-se do dinheiro público para  formar uma infraestrutura sustentável financeiramente. Não faz sentido culpar a política econômica pós-2016 por problemas que a precedem. A mudança de governo determinou  o fechamento  das torneiras do erário público, mas  ficou o resultado das sequelas que não serão superadas em apenas um governo. Há muitas reformas a serem feitas, mas o Congresso  não quer perder mordomias e o que interessa ao país fica em segundo plano. 


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm