Opção econômica viável pelos próximos 10 a 20 anos será o aeroporto de Pato Branco - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Opção econômica viável pelos próximos 10 a 20 anos será o aeroporto de Pato Branco

Por: Elite FM
Publicado em 05/03/2020
img
Imagem :Assessoria Departamento de Imprensa Prefeitura Municipal de Pato Branco

A reunião promovida pelo Instituto Regional de Desenvolvimento Econômico e Social,(Irdes) realizada no Sesi com a presença de empresários e lideranças regionais, teve a explicação do prefeito Augustinho Zucchi sobre a situação real do aeroporto e sua nova fase de ampliação. Zucchi deixou claro que não é contra propostas de um novo aeroporto regional em Renascença, mas que também exige respeito para com o dinheiro público aplicado para suprir uma premente necessidade, que é um aeroporto para atender não só Pato Branco, mas o Sudoeste e Noroeste catarinense, o que não estava sendo viabilizado por ninguém até aquele momento. Em Pato Branco, Já foram implantados voos regulares diariamente  da Azul, movimentando cerca de 130 usuários diariamente. Zucchi  imprimiu prioridade para a nova etapa que consiste e aumento da pista para 1.610 m, aumento das laterais, pátio de estacionamento para 4 aeronaves, novo terminal  e outras exigências, o que permitirá novo nível do aeroporto   para receber aeronaves maiores como o Boing 737 700  com 186 lugares, o que permitirá redução custos  para usuários. A Azul passará a utilizar o E 195, muito comum em aeroportos regionais, como o de Chapecó e Passo Fundo. O empresário, Cláudio Petricoski, responsável pelo processo de expansão do aeroporto declarou que em 2002 participou de reunião para implantação de um aeroporto em Renascença e que ficou apenas na ideia, sem ninguém que assumisse o andamento.”Mas que era outro contexto declarou Cláudio Petricoski, pois Pato Branco, naquela época, não apresentava condições técnicas”. Foi o prefeito Zucchi, que se sentiu pressionado pela necessidade de um aeroporto com linhas regulares e cumprindo todas as exigências da Infraero e Anac, conseguiu fazer as reformas para obter a certificação do aeroporto e está viabilizando a nova etapa, que permitirá ao aeroporto Juvenal Cardoso as condições de ser um aeroporto regional. Todas as demais discussões com um novo aeroporto regional acabarão na mesa da viabilidade racional e financeira que se guiará, não pela vontade de alguns, mas pela sustentabilidade, afinal o Brasil tem centenas de elefantes brancos e em relação a aeroportos, o governo está privatizando até aeroportos rentáveis, quanto mais permitir gastos públicos duvidosos em “dinossauros brancos”.A filosofia ensina que o “tempo é o senhor da razão”.


Fonte: Rádio Elite Fm

Fonte das fotos: Imagem :Assessoria Departamento de Imprensa Prefeitura Municipal de Pato Branco