Como um precedente do STF derrubou o processo da refinaria que deu um prejuízo bilionário - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Como um precedente do STF derrubou o processo da refinaria que deu um prejuízo bilionário

Por: Elite FM
Publicado em 03/03/2020

No apagar das luzes de 2019, quando todos estavam com a cabeça nas férias ou no Natal, um fato grave passou despercebido: o processo criminal referente à rumorosa compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras foi anulado. Não deixar no esquecimento esse fato é importante para alertar sobre o risco de impunidade nesse caso e em outros similares. A aquisição de Pasadena da belga Astra Oil foi um escândalo vergonhoso. Para começar, essa refinaria não era uma boa escolha. Uma consultoria externa tinha apontado, na época, que outras atenderiam melhor os planos de expansão internacional da Petrobras. Além disso, Pasadena era obsoleta e enferrujada – daí ser chamada de “ruivinha” pelos envolvidos na negociação, umareferência à cor da ferrugem. Some-se que a refinaria não estava pronta para trataro tipo de petróleo brasileiro. Por essas razões, ela precisaria passar por uma ampla reforma.Para piorar tudo, o preço da transação tomou por base o valor que a refinaria teria após as reformas. Como resultado de ajustes e disputas, a Petrobras acabou pagando US$ 1,25 bilhão no negócio, quase 30 vezes os US$ 42,5 milhões que a Astra Oil havia pago por ela em janeiro de 2005, sete meses antes do começo das negociações. O Tribunal de Contas da União aferiu um prejuízo de US$ 700 milhões na operação – número que inicialmente era superior e ainda não é definitivo. A refinaria foi vendida em 2019 pela Petrobras por US$ 467 milhões, ou seja, US$ 783 milhões (quase R$ 3,5 bilhões, em valores atuais) a menos do que havia pago por ela.Cabe agora aos fiscais do povo o dever de por em pratos limpos este prejuízo e responsabilizas os infratores. 


Fonte: Dental Dallagnol – Gazeta do Povo