De onde vêm e para onde vão os nossos tantos partidos políticos? - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

De onde vêm e para onde vão os nossos tantos partidos políticos?

Por: Elite FM
Publicado em 13/02/2020

O Brasil possui atualmente 33 partidos políticos registrados no Tribunal Superior Eleitoral, dos quais 25 contam com ao menos um representante na Câmara dos Deputados. Baseando-se no Número Efetivo de Partidos , um cálculo que leva em conta o tamanho das bancadas partidárias em relação ao total de parlamentares e às bancadas dos demais partidos da Câmara, o Brasil apresenta hoje 16 partidos políticos efetivos. Trata-se de um número bem acima dos valores vistos ao redor do mundo, que em geral variam entre dois (Estados Unidos, por exemplo) e cinco (Alemanha, por exemplo).A história partidária brasileira evoluiu para interesses particulares.A partir dos anos 2010, os partidos assumiram dois dígitos, subindo sistematicamente até atingir, nas eleições de 2018, o recorde atual de 16 partidos efetivos. Impressiona, ainda, a existência de 77 pedidos de autorização de novos partidos, conforme o site do Tribunal Superior Eleitoral. O que diferencia o Brasil, portanto, não é a expansão no pedido de registro de partidos (algo que já experimentamos nos anos 1980) mas sim o crescimento de siglas com assentos na Câmara dos Deputados.O estranho no Brasil é que um candidato que sobra votos para eleger outros candidatos com votação muito aquém da média dos eleitos. Com isso, criou um incentivo para que os parlamentares descontentes em suas organizações criem um partido para chamar de seu. Finalmente, a criação do Fundo Eleitoral e o aumento do Fundo Partidário também incentivam a criação de novos partidos por políticos interessados em comandar vultuosos recursos para suas campanhas.Em síntese,os partidos viraram uma tenda de negócios com objetivos interesseiros para contínuas reeleições e que no final as pesquisas apontam que partidos e políticos são as duas classes mais desacreditadas do país.


Fonte: lorena@pg1com.com