Comércio eletrônico continua avançando no mercado brasileiro - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Comércio eletrônico continua avançando no mercado brasileiro

Por: Elite FM
Publicado em 12/02/2020

O governo brasileiro nunca entendeu que a economia se guia pela eficiência e não pelo populismo. O governo, erradamente, quis proteger a economia nacional, mas foi um tiro no pé e gerou incompetência mundial. O consumidor quer preço favorável e  qualidade .O setor de e-commerce registrou um faturamento de R$ 35 bilhões no primeiro semestre de 2019, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Atualmente não existe uma determinação unificada sobre o comércio eletrônico. O projeto prevê a regulamentação do “B2B” (business to business), ou seja, entre empresas, e desburocratizar a formalização. “O que temos são algumas normas que tratam de situações pontuais e muita construção jurisprudencial pelo entendimento dos tribunais sobre determinados temas. Como não existia uma norma específica,  quando o Judiciário era instado a se manifestar ele precisava utilizar as normas vigentes no Código Civil, pensadas para um mundo físico e não para um mundo de e-commerce”, afirma Guilherme Henrique Martins Santos, diretor jurídico da ABComm. Para ele, o principal impacto para o comércio eletrônico é trazer segurança jurídica para as relações comerciais.


Fonte: Gazeta do Povo