Com emprego e solidariedade, Paraná acolhe imigrantes da Venezuela - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Com emprego e solidariedade, Paraná acolhe imigrantes da Venezuela

Por: Elite FM
Publicado em 05/02/2020
img
Foto: Divulgação/"Operação Acolhida" /Posto Pacaraima/Gazeta do Povo

Mais de 4 milhões de venezuelanos deixaram o seu país desde 2015 por conta da crise política e social que vem assolando a região. Os dados são da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e Organização Internacional para as Migrações (OIM). Os cidadãos da Venezuela já são um dos maiores grupos populacionais deslocados do mundo, e os países latino-americanos recebem a vasta maioria – o Brasil é o quarto na América do Sul a abrigar os migrantes, atrás da Colômbia, Peru e Chile. Fora a dor de deixar para trás casa e família, em uma travessia que na maioria das vezes é feita a pé até Pacaraima (município no norte de Roraima), os cidadãos enfrentam períodos de vulnerabilidade até conseguirem se estabelecer nos novos países. Dados da Operação Acolhida de dezembro de 2019 mostram que mais de 27 mil venezuelanos foram assistidos desde abril de 2018 (mas estima-se que, desde o começo da crise imigratória, mais de 260 mil venezuelanos vieram ao Brasil). Atualmente, a cidade que mais recebe os imigrantes via Acolhida é Manaus (cerca de 4 mil pessoas); Curitiba é a quarta (1,2 mil), e o Paraná um dos estados que mais ofertou empregos – foram 174 vagas preenchidas de agosto a dezembro de 2019.A interiorização dos imigrantes é um dos principais trabalhos da Operação Acolhida, que encaminha pessoas para vagas de emprego em todo o país.


Fonte: Gazeta do Povo