O brasileiro tem muita cultura do “mais ou menos” - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O brasileiro tem muita cultura do “mais ou menos”

Por: Elite FM
Publicado em 24/01/2020

 A tipologia essencialmente brasileira se rege por um alfabeto nítido que começa com a parte mais visível, a cor da pele. Os morenos e os pardos, que carregam a mistura do sangue do branco colonizador, do negro e do indígena, são a própria expressão da cultura do mais ou menos que sua pele exibe. J. O. de Meira Pena assinala este aspecto em sua obra Em Berço Esplêndido. “Quantas horas trabalha por semana? Mais ou menos 40 horas. É religioso? Sou católico, mas não praticante. Ou, ainda: sou ateu, graças a Deus”.A tendência de querer ficar no meio termo é reforçada pela condição de contemporizador, que transparece nas frequentes locuções “deixar estar para ver como fica”, “deixa pra lá”, “fulano está empurrando com a barriga”. Não por acaso, essas expressões continuam a ser usadas pra explicar as reformas política, tributária, administrativa etc. Também não por acaso, milhões de eleitores deixam para escolher seus candidatos às vésperas do pleito e votam sem responsabilidade em candidatos  demagogos  que prometem  até pontes onde não  há rios.


Fonte: Gazeta do Povo