Weintraub diz que 2019 marcou fim da “maldição do PT” na educação brasileira - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Weintraub diz que 2019 marcou fim da “maldição do PT” na educação brasileira

Por: Elite FM
Publicado em 13/01/2020
img
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, em coletiva de imprensa-Foto: Luis Fortes/MEC/Gazeta do Povo

O objetivo agora é colocar o Brasil na primeira posição do Pisa até 2030.O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que o ano passado marcou o fim da “maldição do PT” no ensino do Brasil. Em evento de balanço de 2019 no campo da educação, Weintraub disse que “quem fez o Pisa [Programa Internacional de Avaliação de Estudantes] em 2018 é 100% aluno do PT”, por ter entrado no ensino fundamental no início do governo Lula. Isso explica, para ele, os resultados negativos do Brasil nas últimas avaliações. Segundo o ministro, no futuro, os brasileiros verão que 2019 marcou um “ponto de inflexão” no desempenho dos alunos nesse exame. Weintraub prometeu tirar o Brasil da última posição do Pisa na América do Sul até o fim de seu mandato. De acordo com ele, o objetivo do MEC é lançar as bases para colocar o Brasil, até 2030, na primeira posição do Pisa no continente. O ministro voltou a dizer que a Política Nacional de Alfabetização (PNA) será uma das prioridades do MEC para o ano que vem. Afirmou que sua pasta está trazendo “critérios científicos para alfabetizar as crianças” e que, antes do governo Bolsonaro, “o Brasil se baseava muito em impressões e opiniões. Para ele, é preciso se basear em números e “em cientistas, principalmente, e não em curiosos”. O ministério tem ouvido sobretudo as observações de acadêmicos “que mostraram resultados e têm papers reconhecidos”, afirmou.Weintraub acrescentou que, para melhorar a educação, é necessário “não somente alfabetizar, mas gerar maiores vínculos familiares”, o que levou o ministério a criar o programa Conta Pra Mim, que pretende estimular pais a lerem para seus filhos em casa. “Crianças que têm os pais e familiares lendo para elas ou contando histórias têm um desempenho muito acima”, disse o ministro que  reconhece a famosa frase: ”A leitura faz o homem completo”.


Fonte: Gazeta do Povo