Médicos pelo Brasil e foco na atenção primária: o que Bolsonaro fez na saúde em 2019 - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Médicos pelo Brasil e foco na atenção primária: o que Bolsonaro fez na saúde em 2019

Por: Elite FM
Publicado em 28/12/2019
img
Vacinação contra a febre amarela: cobertura vacinal vai ser ampliada para todo o país- Foto: Valdecir Galor

O brasileiro costuma responder que a saúde deve ser prioridade nas ações de qualquer governo. É também um tema que geralmente aparece no topo da lista de preocupações dos cidadãos nas pesquisas de opinião. Mas, na prática, os serviços públicos de saúde só são lembrados quando necessários – e muita gente nem sequer utiliza o SUS, apesar de ter direito. E é nessa toada que se desenrolou o primeiro ano do governo de Jair Bolsonaro na área da saúde: uma pasta de atuação discreta, mas com um grande projeto – a remodelação do programa Mais Médicos sem cubanos. Desde o começo de 2019, a gestão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, deu forças para a atenção primária, com ampliação da oferta de serviços e até mesmo do horário de atendimento das Unidades Básicas de Saúde. No meio do caminho, houve um desafio para aumentar a cobertura vacinal, em tempos de descrédito em relação à eficácia das vacinas. Mas o grande projeto veio no segundo semestre: o Médicos pelo Brasil, programa que cria a carreira de médico de Estado e que vai espalhar 18 mil profissionais pelas regiões mais carentes do país e sua operacionalização ficará para 2020.Os profissionais da saúde serão contratados via CLT, terão um salário mais alto do que os valores pagos no Mais Médicos e também receberão bônus por produtividade e de acordo com a localidade em que trabalhem.


Fonte: Gazeta do Povo