O capitalismo permitiu mais consumo aos mais pobres - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O capitalismo permitiu mais consumo aos mais pobres

Por: Elite FM
Publicado em 13/12/2019

Os regimes de liberdade total permitiram que bens luxuosos, anteriormente restritos a nobres, donos de petrolíferas e grandes banqueiros, passaram a fazer parte da vida dos mais pobres. Com o aumento de produtividade proporcionado pelo capitalismo, bens e serviços antes restritos à elites ficaram mais acessíveis, tornando possível seu consumo pelas massas. No Brasil colonial, por exemplo, até mesmo produtos que hoje encontramos em qualquer padaria da esquina, como queijos, azeites e azeitonas, eram restritos a pessoas mais ricas, como os senhores de engenho, em virtude das dificuldades de importação. E, naquela época, os ricos nem sonhavam com a conserva de alimentos em um refrigerador. Em 1937, uma geladeira Frigidaire custava 15 milhões de réis, o equivalente a 62 salários mínimos na época. Hoje, mais de 98% dos brasileiros têm geladeira. E as mais simples custam menos ou o mesmo valor do que um salário mínimo, segundo o IBGE. Da mesma forma, há algumas décadas somente pessoas com alto poder aquisitivo podiam ter um telefone celular. Atualmente, há 230 milhões de smartphones em uso no Brasil, mais de um por habitante.


Fonte: Gazeta do Povo