Acabou o ano e não vimos as tradicionais denúncias de corrupção - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Acabou o ano e não vimos as tradicionais denúncias de corrupção

Por: Elite FM
Publicado em 04/12/2019

Começou o fim de ano e começa o fim do primeiro ano do governo Bolsonaro. Esse foi um ano em que a gente não viu as anuais e tradicionais denúncias de corrupção. Também não tivemos aquelas histórias de partido mandar em ministério: quem manda no ministério é o presidente. Tivemos a prática da separação de poderes. O Legislativo cuida do Legislativo, o Executivo cuida do Executivo. No Legislativo cada um cuidou do seu nariz, o presidente da Câmara cuida da Câmara, o do Senado igualmente. E no Executivo cada chefe de governo mandou no seu governo. As coisas estão funcionando de modo diferente. Também foi um ano em que houve mudança radical nas comunicações dos brasileiros que abandonaram, em grande parte, as redes de televisão tradicionais para aderir às redes sociais. As empresas estatais não têm mais que perguntar ao líder do partido político se podem ou não fechar negócio ou se a empreiteira vai ou não dar propina sobre a forma de ajuda eleitoral. Foi o que aconteceu na campanha de Jair Bolsonaro que implantou as redes sociais como vanguardas da comunicação popular. As grandes redes de TV é que sentiram a queda de audiência e aquelas que só criticavam Bolsonaro, mudaram de atitude, porque viram que desconstruir o que está dando certo, não vale a pena. Apesar de ainda existir quem torça pelo “quanto pior, melhor”, o Brasil, destroçado pelos governos anteriores, está apresentando quase todos os índices em evolução positiva. 


Fonte: Alexandre Garcia/Gazeta do Povo e Elite FM