Qual o segredo do estado com o melhor ensino médio do Brasil? - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Qual o segredo do estado com o melhor ensino médio do Brasil?

Por: Elite FM
Publicado em 26/11/2019
img
Foto: Divulgação - Secretaria de Educação do Espírito Santo/Gazeta do Povo

O ensino médio do Espírito Santo é o melhor do Brasil, segundo o mais recente Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Quando se considera apenas as escolas públicas, o estado fica na segunda colocação entre todas as 27 unidades da federação, atrás apenas de Goiás – aliás, essa disputa se repete nas capitais: Vitória tem o segundo melhor ensino médio público, atrás apenas de Goiânia. O que mudou? Essa arrancada começou em 2011 e em primeiro lugar, foi garantir que o bom trabalho fosse mantido. O governo começou um grande esforço de investimento para melhorar a cobertura e a qualificação do ensino, tanto fundamental quanto médio. Além do investimento em infraestrutura, o estado desenvolveu uma iniciativa para capacitar os gestores das escolas. Esse esforço foi consolidado, em 2014, com o Circuito de Gestão, uma iniciativa que visa avaliar todos os processos, com o objetivo de corrigir as estratégias sempre que necessário, levando em conta as diferentes realidades locais. O Brasil, como um todo, deveria ter alcançado, em 2017, a nota média no Ideb de 4,7. Ficou em apenas 3,8. A meta é chegar à nota média 6 em 2022.Nenhum estado alcançou seu objetivo. A nota do ensino médio no Espírito Santo ficou em 4,1, quando a meta era alcançar 4,4. As melhores escolas ainda estão muito acima das piores, e um gestor de política pública não pode admitir que um aluno dependa da sorte de estudar nas melhores para receber uma educação de qualidade. O Brasil continua apresentando índices de educação muito baixos porque nesses quinhentos anos nunca teve um projeto de Estado voltado para a educação. O setor educacional  a cada governo quis inventar a roda   colocando a educação como prioridade, mas apenas na retórica fajuta e sem resultado consistentes.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm