É a vez dos colombianos saírem às ruas. Pelo que eles protestam? - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

É a vez dos colombianos saírem às ruas. Pelo que eles protestam?

Por: Elite FM
Publicado em 23/11/2019
img
Manifestantes com uma grande bandeira nacional colombiana durante greve nacional-Foto: Raul Arboleda/AFP

Os colombianos insatisfeitos com o presidente Iván Duque esperam canalizar uma onda de descontentamento que percorre a América Latina ao saírem às ruas  na quinta-feira (21) com uma longa lista de queixas, que inclui desde a persistente desigualdade econômica até a violência contra ativistas sociais.  Sindicatos, grupos de estudantes e cidadãos comuns se uniram-se na greve geral , no que poderia ser uma das maiores mobilizações dos últimos anos no país, testando um governo impopular em um momento de instabilidade regional. De manhã, em Bogotá, várias ruas importantes já haviam sido bloqueadas. Os analistas, contudo, são céticos sobre a possibilidade de que o protesto possa gerar uma agitação prolongada como ocorrido recentemente em Bolívia, Chile e Equador. Eles destacam a ausência de fatores que unifiquem um país dividido e com um dos desempenhos econômicos mais sólidos da região. A lista de insatisfações dos manifestantes é grande, tanto quanto a variedade de organizações e setores que estão saíram às ruas para protestar. Desigualdade social e o desemprego, investimentos em educação, redução da violência. Enfim, a Colômbia também entra no ritmo das manifestações populares e os governos sabem que quando o povo protesta é porque algo  ou muitas  atitudes dos governos estão equivocadas. Na América do Sul, o bolivarianismo, o esquerdismo e a política do  Foro de S.Paulo estão sendo banidos pelo fracasso de suas teorias socialistas que não  tiveram sucesso em nenhum país do mundo.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm