Apenas 9 em cada 100 estudantes de medicina no Paraná são negros - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Apenas 9 em cada 100 estudantes de medicina no Paraná são negros

Por: Elite FM
Publicado em 23/11/2019

Levantamento feito pela plataforma Quero Bolsa mostra que o estado está abaixo da média nacional. A proporção dos autodeclarados negros no ensino superior aumenta a cada ano, mas, em alguns cursos, a participação ainda é limitada. No estado do Paraná, o curso de Medicina tem a menor proporção de negros no ensino superior presencial, com apenas 9,1% dos alunos. O dado foi apurado pelo Quero Bolsa, principal plataforma de inclusão no ensino superior com bolsas de estudo. A taxa de inclusão de negros é inferior à média geral de cursos no estado,17,2%, e da média nacional de Medicina, que é de 24,64%.O curso de medicina demanda um alto investimento para estudar nas universidades privadas. As mensalidades superam facilmente R$ 8 mil. Mesmo bolsistas têm dificuldade para se manter exclusivamente estudando durante 6 anos ou mais, tempo de formação de um médico. Nas universidades públicas, apesar de não haver a mensalidade, o custo para se manter é o mesmo e a concorrência ainda mais elevada para conquistar a vaga”, explica Lucas Gomes, diretor de ensino superior da plataforma Quero Bolsa. “Como, segundo o IBGE, pretos e pardos têm, em média, renda 75% menor do que brancos, as políticas de inclusão têm efeito limitado”.


Fonte: Anna Alves- anna.alves@maquina.inf.br