Seguir em frente com as reformas - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Seguir em frente com as reformas

Por: Elite FM
Publicado em 30/10/2019
img
O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.- Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A aprovação da reforma da Previdência era um alívio extremamente necessário para as contas públicas. Por mais que, ao longo da tramitação, seu impacto benéfico tenha sido reduzido em um terço, o governo ainda deixará de gastar R$ 800 bilhões em dez anos – “Foi o que era possível”, afirmou o ministro da Economia, Paulo Guedes. Apenas a Previdência não basta. Políticas industriais elaboradas sem critério beneficiam apenas “amigos do rei” ou os setores que sabem gritar mais alto criam mais problemas  retirando estímulos à competição. O Brasil tem sistema tributário insano e que onera demais a produção e o consumo prejudica os mais pobres. Distorções nas políticas de pagamento do funcionalismo público, com salários muito maiores que os da iniciativa privada, aprofundam a desigualdade social. O governo quer controlar  atividades econômicas e faz tudo errado seguindo uma burocracia obsoleta e precisa cortar despesas inúteis, o que é mais fácil que aumentar receitas. O governo estará comprando briga com vários parlamentares. Mas esta é uma batalha que merece ser  travada contra burocratas e corruptos interessados em criar dificuldades para vender facilidades. Muitos congressistas são contra as privatizações porque perdem as mamatas de indicar cargos para garantir votos. A classe política visa primeiro ao próprio umbigo e reeleição e o que interessa realmente ao Brasil, fica apenas no discurso vazio e demagógico. O Brasil precisa de reformas em praticamente tudo porque os trilhões do impostômetro se perdem na má gestão, favores, benesses, Congresso mais caro do mundo e desperdícios sem fim por todo o Brasil.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm