Quem é Nestor Forster, diplomata indicado por Bolsonaro para embaixada nos EUA - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Quem é Nestor Forster, diplomata indicado por Bolsonaro para embaixada nos EUA

Por: Elite FM
Publicado em 26/10/2019
img
Nestor Forster,encarregado de negócios da embaixada do Brasil em Washington, é o favorito para assumir a o cargo de embaixador do país nos EUA- Foto- Divulgação/Gazeta do Povo

Com a desistência oficial de Eduardo Bolsonaro, o diplomata Nestor Forster foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. "É um quadro exemplar, uma pessoa ativa, tem tudo para dar certo'', disse o presidente, ainda em Tóquio, antes de viajar para a China. O nome de Forster agora será submetido à aprovação do Senado. Nestor Forster era cotado para a embaixada nos EUA desde o começo do mandato de Bolsonaro. No primeiro semestre, quando o diplomata Sérgio Amaral foi destituído do cargo, cogitou-se imediatamente que Forster o substituiria. Os rumores sobre sua indicação aumentaram quando, em junho, ele foi promovido a ministro de primeira classe e se tornou o encarregado de negócios da embaixada do Brasil em Washington – espécie de embaixador interino. Mas, em julho, Eduardo Bolsonaro começou a ser cogitado para o cargo, e o nome de Forster passou a ser considerado uma alternativa menos provável.Com a desistência formal do filho do presidente, o diplomata voltou a ser o favorito. Forster é casado com Maria Theresa Diniz Forster, que também é diplomata. Ele tem duas filhas e dois netos. Conheça outras características do provável futuro embaixador do Brasil em Washington. Nestor Forster é diplomata do Itamaraty desde 1985, mas só em junho de 2019 foi promovido a ministro de primeira classe. Desde 1992, ocupou vários cargos diferentes nos EUA. Em Washigton, foi chefe do setor de política comercial entre 1992 e 1995 e chefe do setor financeiro entre 2003 e 2006. Entre janeiro de 2017 e junho de 2019, ocupou a embaixada do Brasil em Washington como ministro conselheiro. Foi o responsável pelo encontro de Bolsonaro com Donald Trump em março deste ano, na Casa Branca. 


Fonte: Gazeta do Povo