Por que o Brasil ficou fora da “OCDE” e o que as economias de Romênia e Argentina têm que o Brasil não tem? - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Por que o Brasil ficou fora da “OCDE” e o que as economias de Romênia e Argentina têm que o Brasil não tem?

Por: Elite FM
Publicado em 13/10/2019

De acordo com Guedes, que disse já saber da rejeição, a escolha teria sido tomada por uma questão estratégica, de timing, quase que um respeito em relação a uma “ordem na fila”. Uma autoridade americana disse à agência Bloomberg que os EUA priorizam as candidaturas da Argentina e da Romênia devido aos esforços desses países em realizar reformas econômicas e o comprometimento deles com o livre mercado. "O Fórum Econômico Mundial divulgou a última edição de seu ranking de competitividade global nesta quarta-feira (9) e os dados ajudam a comparar as economias de Brasil, Romênia e Argentina. No ranking global, liderado por Singapura, a Romênia aparece na 51ª colocação, bem à frente do Brasil, o 71º colocado, e da Argentina, que está na 83ª posição. O documento avalia a situação de 141 países, e é um indicador que avalia o conjunto de fatores que determinam o nível de produtividade de uma economia. Para compor o indicador final, são avaliados 12 pilares: instituições, infraestrutura, adoção de tecnologia da informação, estabilidade macroeconômica, saúde, habilidades, economia de mercado, mercado de trabalho, sistema financeiro, tamanho do mercado, dinamismo nos negócios e capacidade de inovação. Em cada uma dessas vertentes, são analisados outros microdados e atribuídas notas que vão de 0 a 100 – quanto mais alta a nota, melhor. O Brasil sempre teve sua economia fechada para o mundo e muito protecionismo do governo. Bolsonaro quer abrir o mercado, mas ainda não produz resultados perante a economia mundial. O governo Lula declarou que o Brasil não precisava da OCDE e veio o troco. Trump repetiu novamente que quer o Brasil na OCDE.


Fonte: Gazeta do Povo