"Por que manter a floresta nativa de pé é um bom negócio" - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

"Por que manter a floresta nativa de pé é um bom negócio"

Por: Elite FM
Publicado em 08/10/2019

No momento em que os olhos do mundo inteiro estão voltados para a Amazônia, a comunidade científica e o setor empresarial discutem formas de desenvolvimento que usem as riquezas naturais de forma sustentável, ou seja sem destruí-las. O movimento passa pela bioeconomia, que se baseia no uso responsável dos recursos naturais, e dos “green jobs”, os empregos verdes que contribuem para a preservação e a restauração do meio ambiente. Isso mostra que, além do incalculável benefício ambiental, florestas nativas podem sim dar lucro.“Como faz para conservar a Amazônia? Não é parando a utilização dessas áreas intocadas. Pelo contrário, é fortalecendo as cadeias produtivas”, diz Roberto Palmieri, diretor-executivo adjunto do Instituto de Manejo Florestal e Agrícola (Imaflora).O melhor exemplo, segundo ele, é o da castanha-do-Pará. “Toda a castanha-do-Pará vem de área protegida, como parques e reservas extrativistas. Não tem plantio em área privada”, explica. Reconhecer o valor desses produtos e investir neles, vai ajudar na conservação ambiental. “Porque na medida que você está utilizando [os produtos], gerando renda, se forma toda uma economia local que gera bem-estar para todos”, afirma Palmieri. Segundo o executivo, a experiência tem potencial para ser ampliada a outros frutos e produtos amazônicos como copaíba, cumaru, andiroba, que tem um valor enorme na indústria de fármacos e cosméticos.


Fonte: Gazeta do Povo