Paraná quer agilizar construção de novos empreendimentos de geração de energia - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Paraná quer agilizar construção de novos empreendimentos de geração de energia

Por: Elite FM
Publicado em 07/10/2019
img
Central Geradora Hidrelétrica Nicolau Klüpel no Parque Barigui. Foto: Luiz Costa/SMCS

O governo do Paraná quer a aprovação da Assembleia Legislativa para construção de 12 empreendimentos de geração de energia: 11 novas mini-hidrelétricas e um complexo eólico. Na mesma proposição, a gestão Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) ainda pede que a Casa regularize a situação de outras sete geradoras de energia. Neste caso, não se trata de empreendimentos novos. São instalações que, na justificativa do governo, passaram a funcionar antes de todas as exigências hoje cobradas – expedição de licenças prévia, de instalação e de operação por parte do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), além da autorização do Legislativo, por exemplo. O projeto de lei tramita na Assembleia Legislativa em regime de urgência – o requerimento que acelera o caminho do texto na Casa foiaprovado em 11 de setembro. Ele já recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e também da Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais. Agora o texto voltou à Diretoria Legislativa, que avalia se ele é encaminhado para mais algum colegiado ou se está pronto para ir a plenário. “A urgência é porque existe uma demanda de energia elétrica.O Paraná é o quinto colocado em empreendimentos desta natureza, atrás de Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso. Estão na lista: "Complexo Eólico Palmas II (200,00 MW) a PCH São Luís (30,00 MW), em Clevelândia e Honório Serpa. A PCH Bedim (6,00 MW), em Francisco Beltrão e Renascença. A "CGH Pinho Fleck (1,279 MW), em Honório Serpa e Clevelândia.


Fonte: Gazeta do Povo