Seminário na Câmara dos Deputados discute gravidez não intencional na adolescência - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Seminário na Câmara dos Deputados discute gravidez não intencional na adolescência

Por: Elite FM
Publicado em 13/09/2019

 Debate, na quarta-feira,11, proposto pela deputada Carmen Zanotto teve participação do Fundo de População da ONU e da Aliança pela Saúde e pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos no Brasil debateu a gravidez não intencional na adolescência sob uma perspectiva de direitos humanos e desenvolvimento. Dados do Ministério da Saúde apontam que cerca de 18% dos nascimentos no Brasil são de mães entre 10 e 19 anos. A cada dez crianças que nascem, duas são de mães adolescentes. O índice de gravidez na adolescência do país pode indicar  uma dificuldade de acesso a métodos e informações para o planejamento da vida reprodutiva. A gravidez não intencional na adolescência traz impactos não apenas na vida das jovens, que têm mais chances de abandonar as escolas ou adiar a conclusão dos estudos, mas também na produtividade do país: estudo do Banco Mundial mostra que o Brasil elevaria sua produtividade em mais de US$ 3,5 bilhões por ano caso as adolescentes adiassem a gravidez para depois dos 20 anos. São tantos os métodos de evitar a gravidez e tantas facilidades de aquisição de preservativos até de forma gratuita que gravidez indesejável pareceria  descartada,mas a realidade mostra que não há consciência das consequências de uma gravidez  indesejada.(


Fonte: Fabiane Guimarães-Assistente de comunicação do Fundo de População das Nações Unidas