Nem Hong Kong nem guerra comercial: o que tira o sono da China é a carne suína - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Nem Hong Kong nem guerra comercial: o que tira o sono da China é a carne suína

Por: Elite FM
Publicado em 13/09/2019

O Brasil poderá  destinar toda a exportação para a China onde cada pessoa consome em média 54 quilos de  carne suína. O desafio político mais urgente enfrentado pela China pode não ser a onda de protestos em Hong Kong, nem o impasse na guerra comercial com os Estados Unidos. É a falta de carne suína, justamente no Ano do Porco do calendário zodíaco, que se tornou uma questão tão premente que os dirigentes do Partido Comunista já declararam que estabilizar a oferta e o preço está no topo da agenda política. Os chineses adoram carne suína. Bisteca frita, costelinha com molho agridoce, stinco de barriga, lombo grelhado, pasteizinhos de porco. Cada chinês consome, em média, 54 kg de carne suína por ano. Metade de todo o consumo mundial. A escassez da carne suína pode arruinar a “atmosfera alegre e pacífica” esperada para a comemoração do 70º aniversário da fundação da República Popular da China, mês que vem, que será o maior evento do calendário do Partido Comunista neste ano.“Precisamos garantir o abastecimento de carne suína custe o que custar”, disse o vice primeiro-ministro ao apontar que a escassez do alimento alcançará níveis “extremamente severos”. Em função disso, o Partido Comunista dá importância extra à missão de garantir o bacon na cesta básica chinesa.


Fonte: Gazeta do Povo