Cabide de emprego: “puxadinhos” dos deputados custam R$ 93 milhões por ano - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Cabide de emprego: “puxadinhos” dos deputados custam R$ 93 milhões por ano

Por: Elite FM
Publicado em 06/09/2019
img
Blog/Lúcio Vaz encontrou 785 cargos de natureza especial preenchidos em 390 gabinetes de deputados federais. Foto: Pixabay/Gazeta do Povo

Além de contratar até 25 assessores com a verba de gabinete, que já consumiu R$ 311 milhões nesta legislatura, os deputados federais ainda contam com os cargos de natureza especial (CNEs) para reforçar a assessoria em seus "puxadinhos". O blog encontrou 785 CNEs lotados em 390 gabinetes de deputados a um custo anual de mais R$ 93 milhões, incluindo auxílios. "Os CNEs eram lotados, originalmente, nos gabinetes dos cargos da Mesa Diretora, das lideranças e das comissões. Mas eram muitas vezes cedidos informalmente aos gabinetes dos deputados, o que consistia numa irregularidade: o desvio de função. Em 2015, a Câmara acabou com o problema, legalizando o desvio de função. A nova norma diz que o CNE poderá ficar temporariamente à disposição de parlamentar a partir de solicitação devidamente justificada. Em toda a Câmara existem 1,5 mil CNEs preenchidos, além dos 9,3 mil secretários parlamentares. Infelizmente o exemplo que deputados e senadores, em termos de austeridade, dão aos brasileiros é de repúdio total, pois diante de um país destroçado, que não tem sequer  esparadrapo para enrolar uma ferida de um paciente, observar tantas mordomias consumindo inutilmente nosso dinheiro, é uma vergonha em 4D.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm