Sarampo: entenda por que a doença é tão perigosa e merece atenção - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Sarampo: entenda por que a doença é tão perigosa e merece atenção

Por: Elite FM
Publicado em 22/08/2019

Altamente contagioso, o sarampo é considerado uma doença grave com aumento  de casos nesse ano. Em S.Paulo são 633 casos. A única forma de se prevenir do sarampo é por meio da vacinação. Na rede pública são utilizadas vacinas tríplices que protegem, inclusive, contra rubéola e caxumba. No caso de crianças com menos de um ano de idade, os pais devem evitar levá-las para ambientes aglomerados. A transmissão da doença acontece pelo contato pessoa a pessoa, além da propagação pelo ar, que facilita o contágio e aumenta o surto. Gotículas infecciosas das secreções respiratórias de um paciente com sarampo podem permanecer no ar por até duas horas. Uma pessoa infectada pode começar a transmitir o sarampo cerca de cinco dias antes de ter as lesões características da doença na pele e até quatro dias após o desaparecimento delas. Os primeiros sintomas do sarampo podem incluir febre, tosse e coriza, como se fosse um resfriado. A perda de apetite também se manifesta e surgem manchas esbranquiçadas na boca, como se fossem grãos de sal. Após os primeiros sintomas, muitos pacientes apresentam conjuntivite (olhos vermelhos, lacrimejantes e fotofobia), manchas vermelhas que começam no rosto e se espalham para o corpo, além de dor de garganta. 


Fonte: Assessoria Permed