Descontentes com o combate à ladroagem tentam desmoralizar a Lava Jato - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Descontentes com o combate à ladroagem tentam desmoralizar a Lava Jato

Por: Elite FM
Publicado em 17/08/2019
img
Deltam Dalla'Agnoll - Gazeta do Povo -Descontentes com o combate à ladroagem tentam desmoralizar a Lava Jato

 Há um pedido de instauração de uma sindicância, baseando-se nos supostos diálogos publicados pelo site The Intercept Brasil e atribuídos a Deltan Dallagnol e ao então juiz federal Sergio Moro, hoje ministro da Justiça. Os descontentes com o combate à ladroagem aproveitam o estardalhaço feito pelo Intercept para tentar desmoralizar Sergio Moro e a força-tarefa da Lava Jato. O corregedor Orlando Rochadel Moreira, depois de ouvir a defesa de Dallagnol e outros membros da força-tarefa, tomou a única decisão aceitável: mandou arquivar o procedimento, alegando justamente a determinação baseada no artigo 5.º da Carta Magna. Afinal, as supostas mensagens foram obtidas por meio de um crime, a violação da comunicação telefônica do procurador, e o quarteto responsável pelo pedido original não apresentou mais nenhuma outra evidência para justificá-lo. Portanto, ainda que as mensagens fossem verdadeiras (o que Dallagnol nega), e ainda que elas revelassem alguma conduta reprovável (o que Rochadel também rejeitou), Dallagnol jamais poderia ser punido pelo CNMP com base nas publicações do Intercept.Não há nenhuma atitude de Deltan Dallagnol que não tenha sido para investigar os caminhos da corrupção. A decisão de terça-feira não representa nenhuma punição a Dallagnol. Sergio Moro e Deltan Dallagnol são vítimas daqueles que mandam uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção. Dallagnol não teria ultrapassado os limites regimentais: sua crítica foi dirigida a atos concretos, com o cuidado de não imputar má-fé a Toffoli, Mendes ou Lewandowski, e foi feita dentro de um debate legítimo sobre assuntos de interesse público. A continuação das investigações sobre um dos maiores escândalos de corrupção da história do país incomoda quem tem rabo preso e seus afins. Os descontentes com o combate à ladroagem, sentindo cheiro de sangue, buscam aproveitar a oportunidade para tentar desmoralizar Moro e a força-tarefa. E mais uma vez se confirma: A voz do povo é a voz de Deus” . 99% dos brasileiros estão a favor de Moro, Deltan e a Lava Jato. 


Fonte: Editorial GP e Elite FM