Anvisa discute Dispositivos Eletrônicos para Fumar - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Anvisa discute Dispositivos Eletrônicos para Fumar

Por: Elite FM
Publicado em 13/08/2019

O evento reuniu diversas entidades, indústrias e associações médicas para coletar informações sobre os produtos de tabaco e regulamentação de dispositivos de consumo aquecido, cigarros eletrônicos e alternativas para fumantes, que no Brasil são mais de 20 milhões. A audiência contou com a participação de diversos setores como indústrias, ativistas pela regulamentação de vaporizadores, organizações médicas, ONGs e associações de produtores de tabaco, como o Sinditabaco e Abifumo, já que a questão afeta diretamente os fumicultores do Brasil. O porta-voz lançou o pedido para a regulamentação desses produtos, trazendo maior controle da Anvisa, segurança e informação aos consumidores e ao setor regulado. O cigarro eletrônico sem fumaça seria menos nocivo, mas há estudos que mostram o resultado final e comparativamente os danos à saúde são os mesmos que o cigarro tradicional. Haverá mais consultas públicas para chegar a uma conclusão científica.De qualquer maneira um produto que faça menos mal, não significa que faça bem. 


Fonte: LLYC-Giovana Andrade