Um bom substituto para o Mais Médicos - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Um bom substituto para o Mais Médicos

Por: Elite FM
Publicado em 08/08/2019
img
Cerimo?nia de Lanc?amento do Programa Me?dicos pelo Brasil. Foto: Marcos Correa/PR

O Mais Médicos do PT não passava de uma forma de financiar a ditadura cubana. No governo Bolsonaro o “Mais Médicos” ganhou um substituto totalmente diferente. Por meio de medida provisória, o presidente Jair Bolsonaro criou outra iniciativa, denominada Médicos pelo Brasil, que elimina alguns dos vícios mais daninhos do programa lançado por Dilma Rousseff, enquanto contempla algumas demandas antigas da classe médica, como a criação da carreira de médico de Estado. É inegável que há um sério problema de interiorização da classe médica, a ponto de mesmo bons salários oferecidos por algumas prefeituras não serem suficientes para atrair profissionais, já que eles levam em conta vários outros fatores, como a estrutura de trabalho. O Mais Médicos, criado por Dilma Rousseff em 2013 envolvia a presença massiva de médicos cubanos e permitia intuir que havia algo de errado. O Mais Médicos não passava de uma forma de financiar a ditadura cubana, pois 70% do salário dos  médicos era repassado para a ditadura cubana e a farsa  do “Mais Médicos” do PT foi desmascarada quando Bolsonaro declarou que os médicos cubanos deveriam                                          receber o salário integral e Cuba não aceitou e mandou que esses  8,5 mil médicos  voltassem  imediatamente para  seu  país. O novo programa terá 18 mil vagas, das quais 13 mil estarão disponíveis em locais onde a falta de profissionais é mais dramática. Além disso, 55% dos médicos irão para as regiões Norte e Nordeste. Os salários serão maiores que o do Mais Médicos, incluindo gratificações para os que trabalharem em locais como zonas rurais e áreas ribeirinhas, com a contratação, via CLT, dos médicos aprovados no curso de especialização que terão de fazer assim que ingressarem no Médicos pelo Brasil.


Fonte: Gazeta do Povo