As fabulosas pensões das filhas solteiras do Congresso - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

As fabulosas pensões das filhas solteiras do Congresso

Por: Elite FM
Publicado em 03/08/2019

 Um grupo de 56 filhas solteiras de servidores do Congresso Nacional tem renda mensal maior do que deputados e senadores, que recebem salário de R$ 33,7 mil. Quarenta e três delas atingem o teto remuneratório constitucional – R$ 39,3 mil, igual ao salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).As 390 pensionistas custam R$ 90 milhões por ano ao contribuinte. A maior remuneração bruta na Câmara dos Deputados é de Raissa Guerra, de 48 anos, filha de um ex-servidor, que recebe R$ 54,7 mil. O Poder Judiciário também não poupa recursos com as suas filhas solteiras. Três pensionistas do Tribunal Superior do Trabalho (TST) recebem o mesmo salário dos ministros do tribunal – R$ 37,3 mil. A mais idosa, com 79 anos, Ana Maria Coelho, recebe duas pensões no valor de R$ 61,7 mil. As 29 pensionistas do TST custam R$ 5,4 milhões por ano aos cofres públicos. As pensões para filhas solteiras tiveram origem nas Forças Armadas, quando o Brasil se separou de Portugal. Para que serve o artigo da lei que diz: Todos são iguais perante a lei? Iguais, na realidade, são todos os brasileiros que “otariamente” são obrigados a pagar contas absurdas apoiadas por leis anacrônicas e acintosas à sociedade, que não recebe sequer o mínimo  retorno dos impostos abusivos.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm