Aeroporto de Pato Branco já opera por instrumentos para pousos e decolagens - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Aeroporto de Pato Branco já opera por instrumentos para pousos e decolagens

Por: Elite FM
Publicado em 31/07/2019
img
Foto:Assessoria de Imprensa Prefeitura Municipal de Pato Branco

A prefeitura Municipal cumpriu todas as exigências, até nos detalhes, para atender os requisitos legais e técnicos para oferecer total segurança às operações no aeroporto municipal. Com relação aos controles por instrumentos, segundo informações prestadas ao jornalista, Laudi Vedana, da Elite FM, pelo secretário de Obras da Prefeitura, Osmar Braun, que acompanhou todas as reformas do aeroporto, o sistema de  controle por instrumentos é  o IFR, que permite pousos com visibilidade de 300 metros, o que dá uma garantia maior para as  operações. Ressalta-se que cada aeronave tem próprio limite quanto à visibilidade. Segundo Osmar Braun, as pesquisas mostram que o aeroporto de Pato Branco teria poucos dias por ano, com visibilidade inferior a 300 metros e pousos nessas condições seriam abortados. Cancelamentos de pousos e decolagens são comuns em todos os aeroportos do mundo e os usuários de Pato Branco também poderão ser atingidos eventualmente por esta anormalidade climática. Pato Branco terá a partir de 5 de agosto, cinco voos semanais, se segunda à sexta-feira e a partir de 2 de setembro haverá também  voo aos domingos. No próximo dia 8 de agosto, com a presença do governador do Estado em Pato Branco, será oficialmente entregue o aeroporto Juvenal Cardoso como parte efetiva do Paraná Competitivo, que integra as principais cidades paranaenses à aviação regional. Esta nova etapa poderá ser o início da evolução para aeroporto regional sabendo que a prefeitura já está viabilizando futuras reformas no aeroporto e o próprio governador do Estado declarou que é mais viável para o Estado investir num aeroporto, que já existe, para que o Sudoeste tenha o seu aeroporto regional. Segundo o prefeito Zucchi com o investimento de R$ 50 milhões Pato Branco poderá oferecer este novo avanço na aviação civil e comercial para a região Sudoeste. 


Fonte: Rádio Elite Fm