Quais são os bancos que estão na delação de Palocci. E o que eles teriam “comprado” do PT" - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Quais são os bancos que estão na delação de Palocci. E o que eles teriam “comprado” do PT"

Por: Elite FM
Publicado em 23/07/2019
img
Em delação premiada, Antonio Palocci afirma que o dono do BTG, André Esteves, deu R$ 5 milhões ao PT em campanha de Dilma para ser ‘banqueiro do pré-sal’. Foto: Lula Marques - Folhapress

Pelo menos cinco bancos são citados na colaboração premiada firmada entre o ex-ministro petista Antônio Palocci e a Polícia Federal  na Lava Jato. Os bancos pagaram propina disfarçada de doação eleitoral para campanhas do PT em troca de informações privilegiadas e defesa dos interesses da instituição e de seus acionistas. O interesse do Bradesco, segundo a delação de Palocci, era ter informações privilegiadas junto ao Banco Central e em decisões da Vale. O Bradesco doou cerca de R$ 27 milhões para campanhas do PT. Lula interferiu no Banco Safra que recebeu do BNDES RF$ 2,4 bilhões  para que a Aracruz Celulose fosse vendida ao Grupo Votorantim e o PT recebeu  3,7 milhões. O Itaú Unibanco teria repassado R$ 4 milhões à campanha de Dilma em 2010. BTG Pactual repassou R$ 15 milhões para a campanha de Dilma. Uma propina de R$ 100 mil da Parmalat ao PT em troca da liberação dos aportes do Banco do Brasil. Palocci entregou provas para corroborar os relatos de sua delação, que é mais devastadora contra Lula e o PT, por ser Palocci a pessoa que realizava todas as transações. Como sempre, os envolvidos negam e Palocci estaria inventando acusações para suavizar as penas. Todavia até as pedras sabem que no governo do PT a roubalheira foi até institucionalizada por Lula e a soma chegaria a R$ 9 trilhões, segundo as redes sociais. Na verdade ninguém sabe, mas com a revelação da caixa preta do BNDES, a sociedade terá surpresas nada agradáveis.