Não vai para o lixo: contrabando apreendido pela Receita vira novos produtos - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Não vai para o lixo: contrabando apreendido pela Receita vira novos produtos

Por: Elite FM
Publicado em 04/07/2019
img
Foto:UEPG/ Divulgação

Todos os anos, a Receita Federal apreende imensas quantidades de mercadorias irregulares nas estradas, portos e aeroportos do país. Levando em consideração apenas 2018, o valor total ultrapassou R$ 3,1 bilhões em produtos que vão de cigarros a medicamentos.Tudo isso cria  um novo problema: armazenar e dar o melhor destino possível a esses objetos que não podem ir parar nas prateleiras das lojas. A Receita Federal faz, há vários anos, parcerias com diversas instituições e empresas para buscar soluções sustentáveis para esses materiais. Antes de poderem ser reaproveitadas, essas mercadorias passam por um processo de descaracterização ou inutilização, como, por exemplo, o desenvase das bebidas ou o desmonte de decodificadores de sinal de TV a cabo. Devidamente separados e acondicionados para transporte, esses resíduos são encaminhados para tratamento especializado, o que pode ser mais ou menos difícil de acordo com o tipo de material. Do cigarro resulta substrato para biometano ou fertilizante e insumo para madeira polissintética. De equipamentos eletrônicos: consertos para outras máquinas, novos sistemas e outros tipos de controles. De bebidas alcoólicas: etanol ou álcool etílico (líquido e em gel).Da soja: biocombustível ou alimentação de animais. Do plástico (presente em mercadorias apreendidas): madeira polissintética.


Fonte: Gazeta do Povo