Judiciário Sem crise no contracheque: juízes e pensionistas recebem boladas de até R$ 8 milhões - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Judiciário Sem crise no contracheque: juízes e pensionistas recebem boladas de até R$ 8 milhões

Por: Elite FM
Publicado em 04/07/2019

A crise nas contas públicas que abala o país e sufoca o governo brasileiro não chegou ao Judiciário. Indenizações e pagamentos retroativos atingem valores em torno de R$ 3 milhões e até R$ 8,2 milhões, como mostra levantamento feito pelo blog nos últimos 18 meses – período em que as folhas de pagamento dos tribunais foram abertas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Cerca de 8 mil pagamentos superaram os R$ 100 mil. A renda total dos magistrados e pensionistas em 18 meses alcançou R$ 19,5 bilhões. As indenizações, como auxílios moradia, alimentação, saúde, somaram R$ 1,8 bilhão; enquanto as vantagens eventuais, que incluem pagamentos retroativos, substituições e indenizações de férias, alcançaram R$ 5 bilhões. O abate-teto ficou em apenas R$ 153 milhões. Em cinco tribunais não foi descontado um único centavo pela regra do redutor do teto constitucional. No Tribunal de Justiça do Paraná, houve 941 pagamentos a magistrados e pensionistas num valor total acima de R$ 100 mil. Trinta desses pagamentos superaram os R$ 200 mil. Os tribunais alegam que existem férias, férias indenizadas, férias-prêmio e tantos penduricalhos como se dinheiro público fosse infinito. E a constituição diz que a lei é igual para todos.


Fonte: Gazeta do Povo