Chuva nos EUA e “medo de porco” na China dão impulso extra à economia do Paraná - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Chuva nos EUA e “medo de porco” na China dão impulso extra à economia do Paraná

Por: Elite FM
Publicado em 02/07/2019

Ao menos, um alento pode estar vindo do Sul do Brasil. Números cruzados de vários indicadores econômicos mostram que os três estados da região estão se saindo melhor do que a média nacional em 2019 em setores fundamentais para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) – principalmente agronegócio e indústria. Ainda que a principal explicação seja a melhora na exportação, o desafogo sustenta um clima mais otimista. O IBC-Br, um índice do Banco Central que calcula a atividade econômica e é considerado uma espécie de prévia do PIB (já que indica a tendência da produção nacional), mostra que juntos, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul cresceram 2,75% no acumulado dos últimos 12 meses .Número acima da média nacional, de 0,72%. Não é só isso, os estados mais ao sul do Brasil estão mantendo níveis melhores de emprego e renda dos trabalhadores, o que denota melhora nas condições de negócios. O agronegócio – incluindo os produtos básicos e a agroindústria – tem perspectiva de fechar o ano com bons números. No Paraná, o volume de exportações de janeiro a maio bateu a casa de US$ 6,3 bilhões, o que coloca o estado entre os seis grandes exportadores no Brasil até aqui. "As exportações de carne de frango, por exemplo, aumentaram 12% de janeiro a maio no período, compensando parte das perdas de 29% da soja. O principal destino foi a China, que enfrenta uma grave crise de peste suína africana – com o receio do consumo de carne de porco contaminada, o país passou a demandar mais carne de frango.


Fonte: Gazeta do Povo