Criatividade: o motivo de a União ter deixado o Paraná como gestor da 2ª ponte em Foz - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Criatividade: o motivo de a União ter deixado o Paraná como gestor da 2ª ponte em Foz

Por: Elite FM
Publicado em 28/06/2019
img
Projeção de como ficará a segunda ponte em Foz do Iguaçu - Foto: Divulgação/Itaipu

Em audiência na Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, falou que a construção da segunda ponte ligando o Brasil ao Paraguai, em Foz do Iguaçu, é fruto do uso da criatividade. De acordo com o ministro, o governo federal não teria recursos próprios para bancar os R$ 462 milhões orçados para a construção da ponte, mas Itaipu tem a obrigatoriedade de investir parte de suas receitas na rubrica “responsabilidade socioambiental”, por isso o financiamento foi possível. O segundo passo “criativo”, de acordo com o ministro, foi a delegação da gestão da obra ao governo do Paraná. “Iniciamos a construção da segunda ponte em Foz com uso de criatividade, porque, observe, não temos dinheiro para fazer um investimento de R$ 450 milhões, mas a gente tem Itaipu que tem obrigação de aplicar aquele recurso que sobra. Então o que fizemos foi um convênio com o governo do estado do Paraná. O governo do Paraná sub-rogou todos os nossos contratos de construção e supervisão, Itaipu paga o governo do Paraná, porque aí a gente foge da questão do teto; eles fazem a obra e a gente supervisiona”, afirmou o ministro.


Fonte: Gazeta do Povo