Melhorou ou piorou? O drama do emprego no Brasil - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Melhorou ou piorou? O drama do emprego no Brasil

Por: Elite FM
Publicado em 11/06/2019

O mercado de trabalho começou a se recuperar da recessão por volta de 2017. Mas nem parece. A retomada é tão lenta que o desemprego – a face mais dramática das dificuldades econômicas do país – ainda continua perto das máximas históricas. E por enquanto não dá sinais de que vá cair para valer tão cedo: algumas projeções indicam que ele continuará acima de 10% até os primeiros anos da próxima década. Os indicadores do mercado de trabalho divulgados nos últimos meses são bons à primeira vista, mas não tão animadores quando observados em detalhe. Tanto que começam a aparecer previsões de que a taxa de desocupação pode até subir neste ano, em comparação à média de 2018.Os dados mais recentes mostram que a quantidade de pessoas ocupadas aumentou na média do trimestre fevereiro-março-abril, tanto em relação ao trimestre móvel imediatamente anterior (janeiro-fevereiro-março) quanto em relação ao mesmo período de 2018. Segundo o IBGE, o total de ocupados chegou a quase 92,4 milhões no trimestre encerrado em abril, número mais alto desde dezembro. São quase 2 milhões de pessoas a mais que em igual período de 2018. Entram nessa conta todos os que estão trabalhando de alguma maneira: com carteira assinada ou não, no setor público e no privado, empregadores, autônomos, domésticos e outros.(GP)


Fonte: Gazeta do Povo