Ninguém considera violentas as margens que comprimem os rios - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Ninguém considera violentas as margens que comprimem os rios

Por: Elite FM
Publicado em 09/05/2019

Um dos mais graves problemas que afligem as cidades são os alagamentos e a culpa não são os excessos de chuva, que fazem parte normal dos episódios da natureza que não têm data para acontecer, mas acontecem. As cidades não seguiram planejamentos alongo prazo e por interesses imediatistas pequenos riachos, por onde deveria passar a água da chuva, foram soterrados criando cada vez mais alagamentos e mais graves. Exemplo evidente é a cidade de S.Paulo que tinha 600 riachos e quase todos foram engolidos pelas construções e asfalto e os alagamentos são inevitáveis. No Paraná há 20 cidades-polo, entre as quais está Pato Branco que representam 85% da geração de resíduos no estado. A maioria das cidades não está preparada para enfrentar enchentes. Pato Branco avançou com a bacia de contenção do bairro Pinheirinho e está retomando outra bacia no bairro Bonato. Bertold Brecht escreveu:” Do rio que tudo arrasta se diz que é violento, mas ninguém diz violentas as margens que o comprimem”. As gestões públicas esqueceram o princípio básico de que a natureza não perdoa nunca.


Fonte: Rádio Elite Fm