“Tabela Fipe no usado”: quase nunca seu carro se encaixa no perfil - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

“Tabela Fipe no usado”: quase nunca seu carro se encaixa no perfil

Por: Elite FM
Publicado em 26/04/2019

Pegadinhas das lojas que dizem pagar tabela  Fipe. Em 2018, mais de 2,5 milhões de automóveis foram emplacados no Brasil. Para alcançar um número tão alto de vendas, algumas estratégias são adotadas pelas concessionárias. Propagandas atrativas –  e muitas irreais – são veiculadas para 'fisgar' os consumidores. “Pagamos tabela Fipe pelo seu usado”, “garantimos a recompra” e até mesmo versões de entrada “de mentira” são alguns dos chamarizes. O pagamento do valor estipulado na tabela Fipe, por exemplo, é um artifício comum. O problema é que, na prática, ninguém consegue conquistar o benefício. Nos outdoors e propagandas, as fabricantes não explicam que existem inúmeros pré-requisitos para seu carro ser aprovado. São tantos pormenores nas 'letrinhas' do site ou do contrato, que quase não há, no mercado, carro que se encaixe na promoção. Segundo a OAB esse tipo de propaganda vai contra a lei. Não adianta que os termos específicos estejam descritos apenas 'nas letrinhas'. Se existem condições para que o benefício seja entregue, elas devem estar claras nos anúncios, com a mesma relevância da promoção. Se a fabricante promete, em um anúncio, que vai pagar a tabela Fipe pelo seu carro, ela deve fazê-lo. O CDC garante o cumprimento da oferta por meio do artigo 35”."Outra afirmação comum nas concessionárias é 'garantimos a recompra'.  Como vender um carro no Brasil não é tarefa fácil, o motorista fica animado com a perspectiva de ter uma garantia de que vai conseguir um valor digno pelo seu seminovo. Quando vai levar o modelo para realizar a troca, no entanto, não é incomum perceber que existe um manual de recompra super exigente e que, infelizmente, será preciso procurar uma outra forma de vender o seu usado caso queira um valor justo por ele.


Fonte: Gazeta do Povo