‘Despetização’ ou retrocesso: os efeitos da extinção de conselhos por Bolsonaro - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

‘Despetização’ ou retrocesso: os efeitos da extinção de conselhos por Bolsonaro

Por: Elite FM
Publicado em 23/04/2019
img
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Gazeta do Povo

Uma das medidas que mais chamou a atenção no pacotão anunciado nos 100 dias de governo de Jair Bolsonaro é o decreto que prevê a extinção de quase todos conselhos do Poder Executivo federal. O governo argumenta que esses conselhos foram aparelhados pelo PT. De acordo com o Decreto, estarão extintos a partir de 28 de junho todos os conselhos, comitês, comissões, grupos, juntas, equipes, mesas, fóruns, salas e “qualquer outra denominação dada ao colegiado”, exceto os previstos em estatutos de instituições federais de ensino e aqueles criados ou já modificados pelo próprio governo desde 1º de janeiro. Ninguém sabe quantos conselhos serão extintos: podem ser mais de 1 mil. Ministérios, órgãos e entidades da administração pública terão até o dia 28 de maio para enviar à Presidência da República a lista completa dos colegiados que presidem. “Os mais de 700 conselhos na administração direta e indireta, que vinham de uma visão completamente distorcida do que é representação e participação da população, tinham como gênese a visão ideológica dos governos que nos antecederam, de fragilizar a representação da própria sociedade por meio de seus representantes eleitos, disse o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni . Para o ministro, o descontrole dos colegiados resulta em “gastos com pessoas que não tinham nenhuma razão para estar aqui, além de consumir recursos públicos e aparelhar o Estado brasileiro.


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem:Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Gazeta do Povo